Plano de Negócio, Você Tem Um?

Quando pensam em abrir um negócio próprio, muitas pessoas imaginam que basta ter o capital, uma idéia (independente de ser boa ou ruim) e um local para montar o negócio e depois de tudo pronto, achar que pode tirar férias e esperar o dinheiro cair na conta.

Pois não é bem assim que as coisas funcionam! Primeiro porque quando se tem um negócio próprio talvez nunca mais você tire férias. Eu disse talvez, portanto não se assuste, afinal, se tudo for feito da forma correta e bem administrado, quem sabe depois de uns dois anos você possa passar uns dias no Caribe!

Antes de qualquer coisa avalie todos os prós e contras da sua idéia para saber se ela se aplica na prática, depois desenvolva um plano de negócio o mais detalhado possível para que você saiba exatamente o que vai fazer, quando vai fazer, como vai fazer e porque vai fazer.
Abaixo vou colocar os tópicos básicos para que se possa desenvolver um plano de negócio adequado para que o seu empreendimento alcance o sucesso. É claro que você pode fazer o seu com outros tópicos e cálculos, pois como eu disse, quanto mais detalhado melhor.

ETAPA 1 – Descrição geral do negócio.
  • O que a sua empresa pretende fazer?
  • Com base em quais oportunidades identificadas?
ETAPA 2 – Produtos e serviços oferecidos pela sua empresa.

ETAPA 3 – Mercado consumidor.
  • defina o perfil do público alvo.
ETAPA 4 – Conheça os seus possíveis concorrentes.

ETAPA 5 – Mercado fornecedor.
  • procure os seus fornecedores atentando-se para qualidade e custo.
Estas cinco etapas referem-se às informações que são indispensáveis para criar o seu plano de negócio. Obviamente você deverá fazer muita pesquisa de matéria-prima, equipamentos, obras, terceirização de serviços, legislação e outras coisas que possam vir a fazer parte do desenvolvimento do seu plano para que a sua empresa começe a funcionar adequadamente. E não esqueça do mais importante: uma planilha completa e sempre atualizada de todos os gastos, para que você não perca o controle e "queime" o capital de forma desnecessária.


Assinar Feed Gostou do Artigo? Assine o Feed/RSS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar Ao Topo